Aves

As aves ficam excelentes grelhadas, mas também se prestam a uma grande variedade de preparos. A pele e a cama­da de gordura protegem a carne do ressecamento, e seu sabor é, de certa maneira, neutro, e isto vale principalmente para o frango de tal modo que combina também com molhos glacês agridoces, com o aroma delicado de ervas frescas ou com uma boa pitada de condimentos picantes.



Para se ter um bom resultado, é claro que pesa bastante a qualidade do produto natural. O frango, de tamanho médio, criado em granjas, é barato, mas não se transforma em quitute quando grelha­do. Por isso, é melhor pagar um pouco mais e comprar um frango maior ou mesmo tentar encontrar um frango caipira, criado com milho.



Para grelhar uma ave, pode-se usar um espeto giratório, para assá-la inteira, não se esqueça de prender as asas, coxas e outras partes salientes na assadeira apropriada, ou uma grelha, para assá-la em pedaços. Este processo tem uma vantagem: permite que se observem os diferentes tempos de cozimento dos pedaços de ave, como por exemplo o peito e as coxas.



Caso se queiram grelhar pedaços de ave sem pele, como por exemplo peito de peru, deve-se envolver a carne com toicinho ou besuntá-la com manteiga ou óleo; caso contrário ela ficará seca.



Sugestão: Aves congeladas devem ser descongeladas lentamente, por cerca de 24 h, na geladeira, antes de ser preparadas. O líquido desprendido deve ser jogado fora e a ave lavada em água fria.

Receitas Rápidas para Churrasco